A potência contratada reflete-se em tua factura da luz

¿Que é a potência elétrica?

A quantidade máxima de kilovatios (kW) que podemos ligar em casa é o que conhecemos como potência elétrica. Se superamos esta barreira ligando mais electrodomésticos do devido, os chumbos saltarão.
Por tanto, a potência é a quantidade de energia que podemos usar e a potência contratada é a quantidade que lembramos com a companhia em função dos aparelhos que temos em casa. Quanta mais potência temos com nossos electrodomésticos, mais potência precisaremos contratar e maior será nossa despesa de luz.

Os kilovatios (kW) são a unidade de medida da potência da luz e este é o dado que aparecerá em tua factura da luz com o nome de potência contratada.
No caso que não saibamos que potência precisamos, deveremos seguir os regulares marcados pelas comercializadoras.

¿Que pago com minha factura?

O total de nossa factura variará em função da potência que tenhamos contratado já que o preço da luz se paga a X euros o Kilovatio. Por um lado, independentemente do consumo, pagamos uma quantidade fixa. Por outro lado, também pagamos uma quantidade variável que sim depende deste. A soma de ambas quantidades será o total de nossa despesa elétrica.

Existe a opção da discriminação horária em algumas tarifas, que supõe um custo diferente da electricidade em função da faixa de hora na que se consome a energia. O custo do Kilovatio será mais elevado nas horas ponta e mais económico nas horas noturnas. Se temo-la contratada, em nossa tarifa distinguir-se-ão os diferentes consumos e preços segundo as horas.
Se elegemos esta tarifa, a potência que contratemos será a mesma mas o preço variará em função das horas nas que usemos os electrodomésticos.
electrodomesticos-potencia-factura-luz-wxm

¿Que potência devo contratar?

A quantidade de aparelhos elétricos que tenhamos e possamos ligar ao mesmo tempo determinará a potência que vamos precisar. Além da quantidade, também influirão o tipo de electrodomésticos que tenhamos já que não todos consumem o mesmo, o como os utilizamos (uma lavadora em frio ou não, por exemplo) e do número de pessoas que vivem na mesma casa. Além dos aparelhos elétricos que possamos ter, é necessário que tenhamos em conta também a calefacção ou o ar acondicionado, bem como os metros quadrados de nossa casa.

Se queres calcular, mais ou menos, qual seria tua potência elétrica, podes o fazer de diferentes maneiras: com a ajuda de uma calculadora de potência elétrica que encontrarás facilmente por Internet, ligando os aparelhos um por um para medir quanto consome a cada um bem contratando um electricista que possa asesorarte. Se nunca te saltaram os chumbos, é provável que ainda tenhas margem para reduzir a potência que tens contratada.

Aproximadamente, fazendo um cálculo rápido, deves somar os kW de todos os electrodomésticos que tenham uma maior potência e acrescentar uma margem de 1kW para os aparelhos mais pequenos e a iluminação da casa. Esta soma podes dividí-la entre três porque não todos os aparelhos funcionarão ao mesmo tempo. O resultado deverá superar, sempre, o electrodoméstico que possua uma maior potência para poder garantir seu uso.

A instalação

O tipo de instalação também influirá na possibilidade de contratar uma potência mais ou menos elevada. O sistema de instalação elétrica pode ser monofásico ou trifásico.

  • Instalação monofásica: só tem uma corrente alternada.
  • Instalação trifásica: possui três correntes alternadas e precisa uma potência maior com tal de evitar que o fornecimento possa cortar em algum momento.

Por conseguinte, se nossa instalação é trifásica, pagaremos mais porque estaremos obrigados a contratar uma potência mais elevada. Por sorte, a maioria de casas funcionam com uma instalação monofásica.

Quero mudar minha potência, ¿posso?

Se em algum momento queremos mudar a potência que temos contratado, será possível sempre que assumamos o custo. É provável que possamos o fazer uma vez como máximo a cada doze meses e materializar-se-á num prazo dentre quinze e vinte dias hábeis, aproximadamente.
Às vezes, herdamos a potência contratada pela promotora da moradia ou o anterior proprietário mas em qualquer momento poderemos mudá-lo.